3D Warehouse
Galeria
360
Design
Design 2
Versatilidade
Modularidade
Funcionalidade
Mecanismo
Mecanismo 2
Mecanismo 3
Mecanismo 4
Cabeamento
Cabeamento 1
Cabeamento 2
Conectividade
Arquivamento
Acessórios
Dimensões
Cores
Cores 2
Orçamento

Qual a Importância de Fazer um Projeto Arquitetônico de Qualidade?

11 meses ago  •  Comments

por

Publicado em : 21/08/2023

Compartilhe:

A criação de um projeto arquitetônico de qualidade deve ser sempre o cerne de todo trabalho de um arquiteto, afinal, isso não irá garantir apenas o sucesso da obra, mas também a satisfação de terceiros com seu trabalho.

Pensando nisso, em nosso texto de hoje você irá conhecer não apenas a importância de se realizar algo assim, mas também as vantagens para seu trabalho e, é claro, como a WORK SOLUTION pode te ajudar. Prossiga com a leitura!

 

O que é um projeto arquitetônico?

Nós sabemos que você já deve ser um expert nisso, mas não custa nada relembrar os conceitos básicos da profissão, né?

Um projeto arquitetônico é – basicamente – o esboço da ideia ou do espaço imaginado pelo arquiteto, de como o mesmo ficará quando for finalizado. Com ele, é possível atender da melhor forma possível as necessidades do cliente e, principalmente, prever e solucionar possíveis problemas que podem aparecer durante o processo.

Paula Katakura, professora do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia, define algumas das possibilidades do projeto arquitetônico do seguinte modo:

“Com ele, consegue-se construir de forma planejada, com a previsão de todos os ambientes, pensando nas condições de conforto ambiental, de ergonomia, de materiais e sistemas a serem utilizados”.

Leia também: Como priorizar as necessidades do cliente sem comprometer a qualidade do projeto

 

Qual a importância da elaboração de um projeto arquitetônico de qualidade?

Sua importância reside no grande impacto que ele é capaz de causar na carreira do profissional de arquitetura.

Imagine o seguinte cenário:

  • Um cliente interessado chega até você para desenvolver um projeto;
  • Por conta da correria de seu trabalho com projetos mais importantes e rentáveis, você acaba por criar o projeto arquitetônico desse cliente de forma rápida e sem a qualidade normal de seu trabalho;
  • O cliente aponta vários erros e necessidades de mudanças e, com isso, ele já começa a se sentir desconfortável;
  • Por falta de planejamento e acerto de detalhes durante a elaboração do projeto, vários problemas ocorrem durante a obra do mesmo;
  • A entrega do projeto atrasa e o cliente fica ainda mais insatisfeito;
  • Ao final, seu projeto atrasou muito mais do que o esperado, o orçamento disponível foi ultrapassado, o cliente reclamou várias vezes durante todo o processo e, ao final, o resultado foi apenas satisfatório.

É de se esperar que, diante de um cenário como esse, o cliente e os demais envolvidos não irão falar bem de você como profissional para os outros, não é mesmo? Causando assim uma mancha em sua reputação, afastando possíveis clientes e complicando mais do que apenas sua vida profissional, mas a financeira também.

Se toda essa questão fosse ao contrário, você muito provavelmente iria aproveitar algumas das diversas vantagens que a entrega de um projeto arquitetônico de qualidade pode oferecer, vantagens essas que você irá descobrir a seguir.

 

Vantagens de se criar um projeto arquitetônico de qualidade

Assim como já comentamos no item anterior sobre a importância, as vantagens também estão diretamente relacionadas com o impacto na carreira do profissional e, é claro, em sua relação com o cliente.

Sendo assim, veja abaixo quatro das principais vantagens de se criar um projeto arquitetônico de qualidade!

 

Maior confiança do cliente

Adquirir a confiança plena do cliente pode ser a peça-chave não apenas para o sucesso do projeto, mas também para a aceitação de suas opiniões e ideias como profissional. Esta questão pode ser capaz de evitar conflitos e tornar o cliente mais sugestivo as alterações e mudanças ao longo do processo.

Além disso, com a confiança garantida, é mais do que possível que esse mesmo cliente volte futuramente para realizar outro projeto com você e, é claro, defender seu trabalho diante de outras pessoas e profissionais.

Projetos aprovados com maior rapidez

Quem não gosta quando um projeto é aprovado de primeira ou com o mínimo de alterações, né? Algo assim facilita todo o trabalho do profissional de arquitetura, além de acelerar o andamento do projeto e trazer aquele gostinho de sucesso profissional.

Apostar na qualidade e trabalho pesado logo no início do desenvolvimento do projeto – para aprovação inicial do cliente – pode te garantir tudo isso e muito mais.

Possibilidade de indicações

Como já comentamos várias vezes em diversos textos do NOSSO BLOG, as indicações, ou melhor, o marketing boca a boca, é o melhor tipo de divulgação que você pode desejar para seu trabalho.

O conjunto da entrega de um projeto arquitetônico de qualidade, junto de um andamento profissional e dentro do prazo, pode fazer com que seu atual cliente te indique para outras pessoas próximas a ele, fazendo com que cada vez mais clientes acabem por entrar em contato com você. 

E o que isso significa? Maior rentabilidade do seu trabalho!

Sucesso de carreira

A junção de todos os pontos acima podem proporcionar ao arquiteto a maior possibilidade de alcançar sucesso em sua carreira, ser reconhecido e desejado por seu trabalho e ter uma lista de espera para os interessados em projetos vindos do mesmo.

 

Como fazer um projeto arquitetônico de qualidade? 

Agora que você já conhece as vantagens de se criar um projeto de qualidade, chegou o momento de saber como realizá-lo da forma correta. Para isso, separamos um passo a passo que pode te guiar do começo ao fim nessa jornada. Confira a seguir!

1. Pesquisa e levantamento de informações

Faça uma análise de necessidades e requisitos do cliente, levando em consideração toda a questão técnica do projeto e, é claro, as preferências estéticas do cliente.

2. Conceito e ideia

Crie um conceito arquitetônico que reflita as necessidades e os desejos do cliente, além de se adequar ao local. Além disso, desenvolva uma ideia principal que guie todo o projeto, como a integração com o ambiente natural ou a maximização da luz natural.

3. Estudos preliminares

Faça esboços e estudos preliminares para explorar diferentes soluções de projeto, levando em consideração aspectos como a distribuição dos espaços, a circulação interna e externa, a orientação solar e a ventilação.

4. Desenvolvimento do projeto

Aqui é preciso considerar a funcionalidade dos espaços, a ergonomia, a iluminação, a circulação e a acessibilidade.

5. Sustentabilidade e eficiência energética

Integre princípios de sustentabilidade ao projeto, como o uso de materiais sustentáveis. Lembre-se de usar as estratégias passivas, como o aproveitamento da luz natural e o uso de ventilação natural.

6. Detalhamento

Desenvolva maquetes 3D detalhados, incluindo especificações de materiais, acabamentos e sistemas construtivos. Leve em conta as questões construtivas, como a estrutura, instalações elétricas e hidráulicas.

7. Coerência estética

Garanta que todos os elementos do projeto sejam estéticamente coerentes como – por exemplo – a harmonia entre os materiais, cores, texturas e formas utilizadas.

8. Revisão e ajustes

Realize revisões periódicas do projeto para garantir que atenda às necessidades e expectativas do cliente, e não esqueça de fazer os ajustes necessários com base no feedback recebido.

9. Documentação e apresentação

Prepare uma documentação completa do projeto, incluindo plantas, perspectivas e detalhes construtivos. Em seguida, apresente o projeto de forma clara e atraente, utilizando renderizações e maquetes virtuais, se possível.

10. Acompanhamento da execução

Mantenha uma comunicação próxima com a equipe de construção durante a execução do projeto e, principalmente, esteja disponível para esclarecer dúvidas e fazer ajustes necessários durante a construção.

 

O que não pode faltar em um projeto de arquitetura para escritório? 

Ao projetar um escritório, existem elementos específicos que não podem faltar no projeto arquitetônico de qualidade. Aqui estão alguns deles:

Layout funcional

O projeto deve incluir um layout funcional que leve em consideração as necessidades e fluxos de trabalho do escritório. 

Isso envolve a distribuição adequada de espaços para estações de trabalho, salas de reunião, áreas de descanso, salas de espera, entre outros. A disposição dos espaços deve favorecer a eficiência e a interação entre os colaboradores.

Leia também: Escritório planejado: o que você precisa estar atento?

Conforto e ergonomia

É importante considerar o conforto e a ergonomia dos espaços de trabalho. Isso inclui a escolha adequada de mobiliário, como cadeiras ergonômicas e mesas ajustáveis, bem como o dimensionamento adequado dos espaços para permitir a circulação confortável dos funcionários.

Leia também: Mobiliário ergonômico para escritório: o que você precisa estar atento

Iluminação adequada

O projeto deve incluir um estudo de iluminação para garantir que os espaços de trabalho sejam bem iluminados. É ideal aproveitar a luz natural ao máximo, com janelas amplas e estratégias de iluminação artificial eficientes.

Acústica

Um escritório pode ser um ambiente ruidoso, por isso é importante considerar estratégias de isolamento acústico para garantir um ambiente de trabalho tranquilo e produtivo. Isso pode incluir o uso de materiais absorventes de som, divisórias acústicas e também a disposição adequada dos espaços.

Áreas de reunião

O projeto deve incluir espaços adequados para reuniões, tanto formais como informais. Isso pode incluir salas de reunião com capacidade para diferentes tamanhos de grupos, bem como áreas de convivência para encontros rápidos e colaboração.

Espaços de descanso

É importante incluir áreas de descanso no projeto, onde os funcionários possam relaxar e recarregar as energias. Isso pode incluir espaços com sofás, poltronas confortáveis, cafeterias ou áreas externas.

Leia também: Móveis para convivência

Acessibilidade

O projeto deve ser acessível para pessoas com mobilidade reduzida, seguindo as normas e regulamentações de acessibilidade. Isso envolve a inclusão de rampas, corrimãos, banheiros adaptados, entre outros.

Identidade visual e branding

O projeto deve levar em consideração a identidade visual e o branding da empresa. Isso pode ser feito através da escolha de materiais, cores e elementos decorativos que reflitam a imagem da empresa.

Leia também: A importância do mobiliário corporativo para a imagem da empresa

 

Conte com a ajuda da Work Solution!

Não, você não precisa realizar todo o seu trabalho sozinho. A WORK SOLUTION pode oferecer a você suporte especializado e as melhores opções de mobiliários de alto padrão.

Através de nosso ESPAÇO DO ARQUITETO, você pode obter projetos em 2D e 3D realizados por uma equipe de especialistas qualificados, além de trabalhos personalizados, que são realizados através de nossa MARCENARIA e metalurgia.

Conheça alguns dos projetos que são cases de sucesso da Work Solution:

Quer saber mais sobre como podemos realizar uma parceria com você e ainda facilitar seu trabalho? Então, ENTRE EM CONTATO conosco hoje mesmo e descubra mais informações com um de nossos consultores!

por

Publicado em : 21/08/2023

Compartilhe: